Ultrassom das Vias Urinárias

Ultrassom das vias urinárias é realizado em homem.

Compartilhe este post

Ultrassom das vias urinárias detectam sérios problemas de saúde

Consideradas potencialmente graves, as doenças renais são condições que afetam o funcionamento normal dos rins. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia, estima-se que mais de 10 milhões de brasileiros sofram com algum tipo de condição que afete os rins, sendo que cerca de 90 mil utilizam do processo de estímulo artificial da função renal (diálise). Um exame bastante solicitado por nefrologistas para avaliar o sistema urinário e, consequentemente a condição dos rins, é o ultrassom das vias urinárias.

 

Afinal, o que é o ultrassom vias urinárias?

A ultrassonografia é um exame não invasivo responsável por formar imagens das estruturas das vias urinárias do paciente, é utilizado para avaliar as condições dos órgãos presentes nessa região do corpo, como rins, ureteres, a uretra e a bexiga. No caso dos homens, a próstata também será avaliada através deste exame.

 

O que a ultrassonografia detectará?

Geralmente é através do ultrassom das vias urinárias que são detectados problemas como cálculos renais, infecções de urina e problemas mais complexos como a doença policística renal, problema no qual cistos, que podem crescer bastante, se desenvolvem nos rins.

 

Como devo me preparar para a realização do exame?

O exame deverá ser realizado com a urina retida na bexiga, por isso o paciente deverá tomar entre 2 e 5 copos de água antes do exame e trazer exames realizados anteriormente para que seja feita uma avaliação mais completa. Para crianças a quantidade é menor. Durante o processo, o profissional irá posicionar o aparelho e deslizá-lo pela região do abdômen com o auxílio de um gel.

 

Quando o exame é solicitado?

De maneira geral, o exame é solicitado após a avaliação de um profissional da área, caso haja suspeitas de alterações ou problemas nas vias urinárias, o exame será requisitado.

 

Quando devo procurar um especialista?

A cor da urina é o principal indicador da saúde das vias urinárias, de acordo com os especialistas, o xixi saudável deve ser praticamente transparente, sem espuma e sem odor, caso ela venha com uma coloração amarelada e com forte odor, pode ser sinal de que há algo de errado. Não é normal sentir dor ou dificuldade ao urinar. Caso a urina venha acompanhada de sangue, a recomendação é de que o especialista seja procurado o mais rápido possível.

 

Quais são os problemas mais recorrentes nas vias urinárias?

A infecção urinária é a mais comum dentre os problemas urinários, seguida por insuficiência renal, doença renal crônica, cálculos renais, alterações na parede da bexiga, alterações no tamanho ou estrutura renal, câncer de bexiga e de rim.

 

Quais são os sintomas desses problemas?

 

Infecção urinária: É qualquer infecção causada por micro-organismos que afetem o trato urinário. Seus sintomas mais comuns são necessidade constante de urinar, queimação ao urinar, pedra na urina (em alguns casos específicos). Neste caso, mulheres estão mais vulneráveis a infecções por conta de sua a anatomia, na qual a uretra é menor do que a dos homens, e se localiza mais próxima ao ânus, o que contribui para a passagem de micro-organismos, ocasionando assim a infecção urinária. Todos os anos, mais de 2 milhões de brasileiros são diagnosticados com a condição.

 

Insuficiência renal: Pode surgir de duas maneiras, aguda ou crônica.

 

Insuficiência renal aguda: Se trata da diminuição da produção de urina. Sonolência, retenção de líquidos, fadiga, falta de apetite, falta de ar, náuseas e vômitos são seus principais sintomas. Diferente da insuficiência renal crônica, a condição é reversível. Estatísticas revelam que cerca de 150 mil brasileiros sofrem todos os anos devido a insuficiência renal aguda.

 

Insuficiência renal crônica: Acometendo mais de 2 milhões de pessoas por ano somente no Brasil, a doença renal crônica consiste na perda progressiva e irreversível da função dos rins. O diagnóstico é realizado através de exames de sangue e urina, já que a condição não costuma apresentar sintomas. Suas principais causas são diabetes e pressão arterial alta. Medicamentos podem ajudar a controlar a doença, já em estágios mais avançados é comum que o paciente necessite recorrer ao processo de diálise.

 

Cálculos renais: Também conhecidos popularmente como pedra nos rins, os cálculos renais consistem no acúmulo de cristais que se formam nos rins ou nas vias urinárias. Fatores genéticos, sedentarismo, obesidade contribuem para a formação dos cálculos. Seu principal sintoma é a dor, que é considerada uma das piores que uma pessoa pode sentir. Começa pelas costas e se estende até a região da virilha, além da dor, outros sintomas comuns são aumento ou diminuição do fluxo urinário, náuseas e vômitos, sangue na urina etc. A condição afeta mais de 150 mil pessoas por ano no Brasil. A principal maneira de se evitar cálculos renais é através da ingestão frequente de água.

 

Câncer de bexiga: Com cerca de 150 mil novos diagnósticos por ano no Brasil, o câncer de bexiga tem como principais sintomas a perda de peso, falta de apetite, dor na região lombar, dor nos ossos, inchaço nos pés, presença de sangue na urina e fraqueza . O tabagismo pode e deve ser considerado um fator de risco, levando em conta que fumantes têm até 3 vezes mais chances de desenvolver câncer de bexiga e o vício esteja diretamente associado a 50% dos aparecimentos de tumores vesicais.

 

Câncer nos rins: A presença de câncer nos rins é mais comum entre os homens na faixa etária de 55 a 75 anos. Seus principais sintomas são presença de sangue na urina, inchaço na região abdominal, febre, dores nas costas, dores abdominais e aumento da pressão arterial. Fatores como: Obesidade, tabagismo, insuficiência renal e histórico familiar de doença renal podem contribuir para o surgimento do câncer nos rins. A incidência estimada da doença no Brasil é de 7 a 10 casos a cada 100 mil habitantes.

 

De acordo com as informações citadas acima, é possível perceber que todas as doenças possuem sintomas similares como urina com a coloração amarelada, dores, perda de peso, enjoos etc., e são igualmente perigosas caso não sejam diagnosticadas e tratadas. Por isso é necessário o diagnóstico do especialista, a ultrassonografia das vias urinárias auxiliará no processo para detectar o problema de cada paciente.

Mulher realizando um ultrassom vascular
Blog

Ultrassom Vascular

O ultrassom vascular é um dos meios de detectar alterações no sistema vascular. As doenças vasculares são todas aquelas que atingem o sistema venoso ou

Ultrassom das vias urinárias é realizado em homem.
Blog

Ultrassom das Vias Urinárias

Ultrassom das vias urinárias detectam sérios problemas de saúde Consideradas potencialmente graves, as doenças renais são condições que afetam o funcionamento normal dos rins. De

Open chat
Realize seu ultrassom das vias urinárias.